Bandeiras

Translate

segunda-feira, 18 de julho de 2016

BOMBA!! BISPO ACUSADO DE PROMOVER ORGIAS DECIDE CONTAR TUDO SOBRE A IGREJA E CHOCA FIÉIS - FINAL DOS TEMPOS

Bomba!!Bispo Acusado de Promover Orgias Decide Contar Tudo Sobre a Igreja e Choca Fiéis

Bispo revela perseguição do Vaticano para renunciar e que sofreu Retaliação por investigar igreja 







Uma bomba paira sobre a Igreja Católica. Nessa semana, o Papa Francisco diz ter aceitado a renúncia de um de seus arcebispos, dom Aldo di Cillo Pagotto, que estava à frente da diocese da Paraíba. Essa é a versão oficial. Isso porque Dom Aldo decidiu falar sobre tudo o que está por trás da versão do Vaticano. Em entrevista à Revista Veja, ele negou diversas acusações contra eles, uma delas envolvendo supostas organizações de festas com orgias. O religioso disse que não teve tempo e que a tentativa de fazê-lo renunciar à igreja se deve ao fato dele ajudar a investigar as contas da diocese.
Vaticano, no entanto, alega que Aldo é investigado por acobertar padres pedófilos. Ele também é acusado de ter tido um relacionamento homossexual com um jovem de apenas 18 anos. Mais um fato negado por ele na entrevista polêmica. É a primeira vez no Brasil que um alto escalão da igreja católica perde o posto no meio de uma seríssima acusação envolvendo práticas sexuais. A Veja diz ter conversado com o padre por duas horas. O resultado da entrevista fala até de seminários com homossexuais. O bispo revelou que foi obrigado a renunciar, quando foi chamando em junho para conversar com seu superior no Brasil, o "Núncio Apostólico", uma espécie de representante do Papa. O encontro foi em Brasília e o "Núncio", a pedidos do Papa Francisco, fez com que ele redigisse a carta pedindo a renúncia. No texto, ele alega problemas de saúde, o que não é verdade. 
O religioso diz que está sendo injustiçado pelo Papa Francisco e que isso tem como plano de fundo a disputa pelo poder na igreja. Ele ainda acusa padres de terem se organizado por não concordarem com sua gestão na diocese da Paraíba. Os padres, no entanto, segundo o bispo, estariam envolvidos em esquemas de corrupção, além disso, alguns dos religiosos seriam homossexuais e estariam envolvidos em escândalos sexuais. 
Dom Aldo é alvo de diversas denúncias. Ele é acusado de proteger padres pedófilos. À essa acusação, ele deixa no ar uma meia culpa, falando que era misericordioso e que chegou a aceitar padres problemáticos em seminários, mas que muitos desses foram expulsos por comportamentos inadequados durante os estudos, até mesmo sexuais com outros religiosos.
Com Informações:Blastingnews 
REVISTA VEJA:Veja.abril.com.br
     


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...