Bandeiras

Translate

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Israel: Achado Arqueológico Confirma Milagre de Jesus

Achado Arqueológico Confirma Milagre de Jesus

Pedra com inscrições indicam local onde endemoninhado gadareno foi liberto
O Novo Testamento menciona uma visita de Jesus ao nordeste do Mar da Galileia, onde existia assentamentos judaicos. Lá ele encontrou um homem possuído por demônios e o libertou. Para mostrar a todos o que estava acontecendo, ordenou que os espíritos imundos se apoderassem de porcos, que se atiraram de um penhasco para o mar.
O relato bíblico, ocorreu em Kursi, local situado no antigo território dos gadarenos. Essa informação parece ter sido comprovada agora por arqueólogos.  “A presença de um assentamento judaico na costa oriental do Mar da Galileia é um fenômeno muito estranho”, disse Haim Cohen, pesquisador da Universidade de Haifa, em Israel, em entrevista ao Daily Mail.
Uma pedra de mármore, medindo 1,40 metro por 70 centímetros foi encontrada no Lago Kinneret (Mar da Galiléia). Na superfície há uma inscrição em hebraico onde os especialistas foram capazes de identificar as palavras ‘amém’ e ‘Marmaria’, o que pode significar tanto “Maria” mãe de Jesus, quanto uma referência ao rabino.
O professor Michal Artzy explica que o texto “é composto por oito linhas”, o que é raro, pois “geralmente não são muitas palavras com letras hebraicas esculpidas em pedra”. Ele acredita que a pessoa que a inscrição se referia “teve uma enorme influência sobre a população local”. Ela começa com as palavras “lembrados para sempre.” Para os primeiros cristãos a libertação de uma pessoa possuída era considerada um milagre.
Na verdade, a existência do assentamento judaico na região era conhecido desde a década de 1960. No entanto, somente agora, com a descoberta dessa placa de mármore com mais de 1.500 anos de idade confirma sua presença. Afinal, ela estava nas ruínas do local onde teria funcionado uma sinagoga.
A descoberta só foi possível graças a uma queda no nível de água na região, que permitiu aos arqueólogos continuar suas escavações em Kursi, um distrito que fazia parte da antiga Decápole. Próximo às ruínas dessa antiga igreja, há uma montanha que desce para o mar, conforme é descrito na Bíblia.
As escavações mostram que nos séculos V e VI, uma igreja foi construída no local. Ela seria uma “marca” do evento bíblico, prática comum durante o domínio do Império Bizantino em israel. O local foi destruído pelo exército persa em 614 a.C. Foi reconstruído, mas novamente destruído — desta vez, por um incêndio.
O apologista cristão Steve Ray explica que Kursi foi sede do o maior mosteiro em Israel, sendo um local muito conhecido pelos primeiros cristãos.  “Quanto mais a arqueologia descobre, mais a Bíblia é confirmada”, resume Ray. Com informações Bretbart e CBN

     
Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor 

Hebreus 12:14 - Prepare-se, Arrependam-se dos pecados -Aceite Jesus como Salvador
O Messias está vindo
Preparem o caminho em Santidade
(Hebreus 12:14)
Shalom

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Prophet.Dr.David Owuor:A Visão das Duas Alianças de Casamento Vídeos- Estejamos prontos

Irrepreensibilidade - A Visão das Duas Alianças de Casamento - Noiva Irrepreensível - Dr.David Owuor


Vídeos

Este é o Profeta do Arrebatamento: Dr. David E. Owuor. Ele é Mateus 25.6/  Malaquias 3.1 (Pesquise). Trata-se do Último Porta-Voz do SENHOR DEUS de Israel na Terra antes do Arrebatamento da Igreja de Cristo. O Tempo Terminou. Muitas Profecias já cumpridas, inclusive no Brasil. O SENHOR JESUS está Vindo. Arrependa-se. Santifique-se.O ARREBATAMENTO DA IGREJA É IMINENTE.

Profecias Cumpridas INCONTESTÁVEIS!

TODAS AS OCORRÊNCIAS DESTES FENÔMENOS, BEM COMO AS MENSAGENS, PROFECIAS E MILAGRES REALIZADOS POR DEUS ATRAVÉS DESTE HOMEM ESTÃO TODOS DEVIDAMENTE GRAVADOS, DOCUMENTADOS E POSTADOS EM DIVERSOS SERVIDORES AO REDOR DO GLOBO TERRESTRE NO CLÁSSICO ESTILO DO “ANTES E DEPOIS” DISPONÍVEIS NA MÍDIA — SOBRETUDO NO YOU TUBE E NA INTERNET.

Ministrações do profeta Dr. David Edward Owuor do Quênia, sejam abençoados e recebam a pregação do Arrependimento e Santidade.

O Messias está vindo
Preparem o caminho em Santidade
(Hebreus 12:14)

Shalom



   

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

CÓDIGO DA BÍBLIA APONTA QUE 2016 PODER SER “O ANO DO MESSIAS”

Código da Bíblia aponta que 2016 Poder ser “o Ano do Messias”

As tradições da gematria dividem judeus há séculos, pois muitos consideram apenas misticismo.

Apesar da grande polêmica envolvendo os chamados “códigos da Bíblia”, o rabino Mattityahu Glazerson, especialista no assunto, defende uma ligação entre o ano de 2016 e a chegada do Messias judeu.
Glazerson publicou um vídeo onde analisa o texto de Gênesis 49:1. A passagem, que narra os instantes finais da vida do patriarca Jacó traz uma espécie de profecia sobre os “dias vindouros”, na tradução em português. Contudo, para os especialistas, o termo ali é “Fim dos Dias”, que também aparece em Números 24:14 e Deuteronômio 4:30 e 31:29.
Uma vez que cada letra hebraica tem um valor numérico, uma tradição judaica usa um sistema que procura encontrar significados em textos hebraicos, calculando seus valores numéricos. Este sistema é conhecido como gematria. Com base na tradição mística do judaísmo, Glazerson calcula que o valor numérico das duas palavras do original de Gênesis 49: 1 “te sucederá” é igual a 772.
Isso seria corresponde ao ano hebraico 5772 que foi 2011-2012. No vídeo, Glazerson explica que a vinda do messias não ocorreu então porque Israel “não têm as condições para isso, o arrependimento e a fé”.
No entanto, Glazerson salienta que o ano hebraico 5775 (2014-2015), que foi um ano sabático, também tinha indicações claras de que poderia ser [o ano do] Mashiach (Messias). Como esse ano já terminou, ele afirma que a gematria pode insinuar que o atual ano hebraico de 5776  – que começou em 13 de setembro de 2015 – por ser um ano de jubileu, oferece significado extra para o sincronismo.
Em declarações ao site Breaking Israel News, o rabino Glazerson disse que a prosperidade deste ano é reforçada por uma tabela estatisticamente rara. O quadro que ele estabeleceu traz a frase “HaMashiach Purim” (o Messias no Purim). A conclusão do estudioso é que isso pode apontar para o próximo feriado de Purim (23 de Março, 2016).
As tradições da gematria dividem judeus há séculos, pois muitos consideram apenas misticismo. Glazerson insiste que na tabela desse texto há códigos para uma série de conceitos messiânicos, incluindo Ben Yishai (uma referência ao filho de Davi), de quem o Messias é descendente. As palavras hebraicas Ben Yishai cruzam com o verso completo de Gênesis 49: 1.
O rabino finaliza o vídeo dizendo que descobriu o código para Mashiach na interseção do corrente ano com as letras hebraicas que formam o nome hebraico de Eliyahu (Elias, o profeta) que irá anunciar a chegada do Messias.
Diferentes correntes do judaísmo têm falado sobre a vinda iminente do Messias. O rabino Chaim Kanievsky, uma das maiores autoridades do judaísmo ultra ortodoxo, está pedindo que todos os judeus voltem para Israel o mais rapidamente possível. O entendimento é que essa é uma ação espiritual que marca a vinda do Messias.
O rabino Amram Vaknin, 76 anos, é conhecido por ter previsto conflitos armados em Israel, como a Operação Pilar de Defesa (2012) e Operação Borda de Proteção (2014). Recentemente, afirmou que Israel enfrentará uma guerra e depois “Estaremos chegando perto do grande dia do Mashiach. Temos de estar prontos e preparados”.
Numa reunião de 6000 rabinos do movimento Chabad-Lubavitch, uma das maiores organizações judaicas do mundo, clamaram a Deus que apresse a vinda do Messias.Fonte Gospel Prime.

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor 

Hebreus 12:14 - Prepare-se, Arrependam-se dos pecados -Aceite Jesus como Salvador
O Messias está vindo
Preparem o caminho em Santidade
(Hebreus 12:14)
Shalom


PT QUER BANIR HISTÓRIA DO CRISTIANISMO DO CURRÍCULO ESCOLAR - FINAL DOS TEMPOS

PT quer Banir História do Cristianismo do Currículo Escolar No Brasil.

A Base Nacional Comum Curricular tiraria das salas de aulas diversas lições de história antiga importantes

O professor e historiador Marco Antônio Villa escreveu em sua coluna no jornal ‘O Globo’ uma acusação ao governo federal dizendo que o Ministério da Educação pretende, sorrateiramente, banir a história do cristianismo do currículo escolar.
Villa critica a Base Nacional Comum Curricular, a proposta do MEC que tira do currículo escolar a História Antiga que trata de assuntos, que pela denúncia, sustentam filosofias que vão contra a ideologia do Partido dos Trabalhadores.
“O Ministério da Educação está preparando uma Revolução Cultural que transformará Mao Tsé-Tung em um moderado pedagogo, quase um ‘reacionário burguês’. Sob o disfarce de ‘consulta pública’, pretende até junho ‘aprovar’ uma radical mudança nos currículos dos ensinos fundamental e médio (…). Nem a União Soviética teve coragem de fazer uma mudança tão drástica como a ‘Base Nacional Comum Curricular’”, afirmou ele.
Aulas que tratam sobre a Mesopotâmia e Egito, por exemplo, não serão ensinadas nas escolas brasileiras e não é só isso. “Da herança greco-latina os nossos alunos nada saberão. A filosofia grega para que serve? E a democracia ateniense? E a cultura grega? E a herança romana? E o nascimento do cristianismo? E o Império Romano? Isto só para lembrar temas que são essenciais à nossa cultura, à nossa história, à nossa tradição”, avisou o professor.
“A proposta é um culto à ignorância. Nenhuma democracia no mundo ocidental tem um currículo como esse. Qual foi a inspiração? A Bolívia de Morales? A Venezuela de Chávez? A Cuba de Castro? Ou Lula, aquele que dissertou sobre a passagem de Napoleão Bonaparte pela China?”, questiona o historiador.Fonte?Gospel Prime.
Assista:

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor 

Hebreus 12:14 - Prepare-se, Arrependam-se dos pecados -Aceite Jesus como Salvador
O Messias está vindo
Preparem o caminho em Santidade
(Hebreus 12:14)
Shalom

domingo, 3 de janeiro de 2016

ISRAEL REGISTRA IMIGRAÇÃO RECORDE DE JUDEUS DA FRANÇA EM 2015

Israel Registra Imigração Recorde de Judeus da França em 2015

Foram 7,9 mil franceses que deixaram o país europeu para morar na terra santa
Os ataques terroristas na França fizeram com que 7.900 judeus franceses se mudassem para Israel este ano. As informações são da Jewish Agency, que apoia a imigração de pessoas para Israel.
O número é 10% maior que a quantidade de judeus que deixaram a França no ano passado. “Cada um tem a sua razão, incluindo crise econômica, segurança pessoal, ataques terroristas e, em alguns casos, antissemitismo”, afirmou o porta-voz da agência, Yigal Palmor.
A França é o país que possui a maior população de judeus de toda a Europa, os números cresceram depois da Segunda Guerra Mundial passando para 550 mil pessoas.
Acontece que ataques de radicais islâmicos como o que aconteceu em Paris em janeiro deste ano no mercado kosher deixaram os judeus preocupados, já que quatro pessoas morreram neste ataque antissemita.
O número é alto, mas está abaixo do esperado pelo chefe da Jewish Agency, Natan Sharansky, que previa mais de 10 mil franceses se mudando para Israel em 2015 por conta dos atentados terroristas.
Mais ainda assim, a imigração para Israel bateu um recorde, Palmor informa que em 2015 cerca de 30 mil judeus de várias partes do mundo se mudaram para a terra santa. O número é o maior dos últimos 15 anos. Com informações R7

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor 

Hebreus 12:14 - Prepare-se, Arrependam-se dos pecados -Aceite Jesus como Salvador
O Messias está vindo
Preparem o caminho em Santidade
(Hebreus 12:14)
Shalom


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...