Bandeiras

Translate

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

A Pior Crise de Migração desde a Segunda Guerra Mundial - Final dos Tempos



A Pior Crise de Migração desde a Segunda Guerra Mundial


Uma onda de imigrantes desesperados do Oriente Médio e da África colocou pressão sem precedentes sobre os países da UE (União Europeia), especialmente Itália, Grécia e Hungria. Mais de 350 mil deles foram detectados nas fronteiras da UE entre janeiro e agosto de 2015, em comparação com 280.000 em 2014, segundo uma estimativa da Organização Internacional para as Migrações.
Os conflitos na Síria e no Afeganistão, e a violência na Eritreia, são os principais motores da migração. Mais de 2.600 migrantes se afogaram no Mediterrâneo este ano, tentando alcançar a Grécia ou a Itália, diz a OIM.
Muitos tentam a perigosa rota dos Balcãs Ocidentais, na esperança de chegar a Alemanha e outros países do Norte da UE.
O total de 350 mil detectado até agora este ano nas fronteiras da UE inclui mais de 230 mil que chegaram na Grécia e quase 115 mil na Itália. Cerca de 2.100 chegaram à Espanha.

Europa Ocidental

A União Europeia quer combater contrabandistas perto da costa africana. Os governos europeus estão divididos sobre o destino daqueles que chegam à costa. Em maio, os líderes europeus disseram que iriam formar uma força naval com sede na Itália para combater o tráfico de pessoas. 
A Comissão Europeia apelou também aos Estados membros do bloco a aceitar cotas de imigrantes para aliviar a carga sobre os países do sul, como a Itália e a Grécia, que são os principais pontos de desembarque. A pobreza e guerra em lugares como a Líbia, o Sudão do Sul, Eritreia e Nigéria estão impulsionando imigrantes a fazer a perigosa viagem através do Mar Mediterrâneo.
A crise migratória começou a atrair mais atenção do mundo no final de julho, quando os incidentes em Calais (França) se acentuaram. Mas na realidade, os imigrantes na cidade são responsáveis por cerca de 1% das pessoas que chegaram na Europa até agora este ano.
As estimativas sugerem que até 5.000 chegaram a Calais --2,5% dos mais de 200 mil que desembarcaram na Itália e na Grécia.
O número de imigrantes que chegou até agora neste ano (200 mil) constitui apenas 0,027% da população total da Europa de 740 milhões. Há países com infraestruturas sociais em ponto de ruptura por causa da crise de refugiados --mas eles não estão na Europa.
O exemplo mais óbvio é o Líbano, que abriga 1,2 milhão de refugiados sírios dentro de uma população total de aproximadamente 4,5 milhões.
Para colocar isso em contexto, um país que é mais de 100 vezes menor do que a UE já recebeu em mais de 50 vezes o número de refugiados.
No início deste ano, a UE optou por suspender as operações de salvamento marítimo em grande escala no Mediterrâneo, na crença de que a sua presença incentivava imigrantes a arriscar a viagem do mar da Líbia para a Europa.
Fonte: noticias.uol

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor 

Hebreus 12:14 - Prepare-se, Arrependam-se dos pecados -Aceite Jesus como Salvador
O Messias está vindo
Preparem o caminho em Santidade
(Hebreus 12:14)
Shalom

var linkwithin_site_id = 2532034; Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... POR FAVOR RETORNE: ESCOLHA COMO ABRIR ESTES ARQUIVOS: BOTÃO DIREITO DO MOUSE, ABRIR LINK EM UMA NOVA GUIA: OU ABRIR LINK EM UMA NOVA JANELA:

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... POR FAVOR RETORNE: ESCOLHA COMO ABRIR ESTES ARQUIVOS: BOTÃO DIREITO DO MOUSE, ABRIR LINK EM UMA NOVA GUIA: OU ABRIR LINK EM UMA NOVA JANELA: